O que é renda passiva e como conseguir

Renda passiva

Entender renda passiva é essencial para quem quer saber quais são os métodos mais práticos de consegui-la. O sonho de muita gente é encontrar formas de ganhar aquele dinheiro adicional sem esforço. Quer saber como? Acompanhe este conteúdo.

Todos os dias as pessoas saem de casa para trabalhar e assim conquistar uma renda no final do mês. Esse ganho às vezes é suficiente, mas muitas vezes não. O que faz com que busquem um segundo trabalho.

Porém, muitas vezes, o tanto de trabalho acumulado para poder juntar dinheiro pra sair do aperto e viver confortavelmente não compensa. As tarefas dobram e o tempo some.

Mesmo assim, a vontade de acumular uma renda maior é forte. Tudo seria melhor se isso fosse possível sem que exigisse trabalho dobrado. E é possível!

Chamado de renda passiva que, em poucas palavras, é um dinheiro que se ganha sem precisar trabalhar. É sustento adquirido através de lucros gerados por algum tipo de patrimônio. Basicamente, o dinheiro vem até você.

Ideias de como obter essa galinha dos ovos de ouro é onde está a dúvida. 

Há muitas formas de criar renda passiva, de diferentes métodos, que atendem a necessidade de muitas pessoas.

Mas antes, é necessário conhecer o que é renda passiva e como esta funciona para que não seja confundida com outros tipos de sustento.

Para entender tudo o que envolve esse assunto, confira os itens que serão abordados a seguir:

  • Os tipos de renda
  • Como funciona renda passiva?
  • Como gerar renda passiva através de capital
  • Entenda como identificar o que é renda extra
  • Sobre o modelo de renda residual
  • Comece já a transformar sua renda!

Os tipos de renda

Antes de falar sobre o que é renda passiva, é preciso voltar e conhecer quais são os tipos de renda que atualmente existem.

Renda ativa é o dinheiro ganho no final do mês. A maneira mais conhecida é aquela que a pessoa vai trabalhar todos os dias em uma empresa para ganhar um salário mensal.

Existe renda extra, como o próprio nome diz, é um dinheiro extra que se ganha com um trabalho paralelo, como um adicional para suas economias.

E também há a renda passiva, esta não requer que a pessoa trabalhe todo dia em ordem para obter sustento. Na verdade, não há trabalho nessa forma de renda.

De onde vem o dinheiro se não tem trabalho? O lucro que é gerado é fruto de um patrimônio que a pessoa possui.

Patrimônio pode ser considerado as posses de uma pessoa. Um exemplo disso é ter a posse de uma casa.

Essa casa pode ser usada de forma que gere renda, como um aluguel. O dinheiro gerado por essa propriedade é entendido como renda passiva.

Para entender melhor o que é patrimônio, e todo o funcionamento e os métodos da renda passiva, tem que conhecer o modelo econômico de produção.

Como funciona a renda passiva?

Até aqui, se sabe que a renda passiva é gerada não pelo trabalho, mas pelo patrimônio, e dentro do modelo econômico de produção este está ligado ao capital.

Saiba que o modelo é formado por três elementos: o trabalho, o capital e a terra (ou recursos naturais). 

Primeiro, a terra é o espaço cedido, onde será gerado o dinheiro pelo trabalhador, como uma fazenda, uma mina ou até uma empresa.

Já o trabalho é a pessoa mesmo, é quem vende sua força de trabalho em troca de remuneração. É o que acontece no modelo de renda ativa.

A principal característica da renda ativa é a venda do seu trabalho, seja através de uma contratação CLT ou prestação de serviço. 

Enquanto a renda passiva se beneficia do último fator a ser comentado dentro do modelo de produção econômica: o capital. 

A definição do capital é erroneamente entendida como dinheiro, mas é mais do que isso. Entende-se que este fator de produção é um patrimônio ou uma posse. 

Então, quem tem o capital detém os meios de produção, basicamente. Quem é dono do capital terá alguém ou algo “trabalhando” para si, e assim os lucros serão gerados.

Por isso, para obter renda passiva não há trabalho, porque ela está associada ao capital apenas. São fatores distintos.

Para facilitar a explicação do que constituem esses capitais e como conseguem gerar renda passiva, vamos utilizar alguns exemplos. Os bens (capital) que podem gerar lucro para seu proprietário estão divididos em algumas classificações.

A explicação será destrinchada nas seguintes partes de classificação:

  • Capital físico;
  • Renda fixa (Capital financeiro);
  • Renda variável (Capital financeiro);
  • Capital intelectual.

De que forma é possível gerar renda passiva através desses capitais será explicado a seguir.

Como gerar renda passiva através de capital

Abaixo as formas de criar renda passiva através do capital:

Capital físico

Capital físico

O nome já diz tudo, se capital é um patrimônio, então capital físico é um bem físico, que é material, palpável, tangível.

O exemplo mais simples é um imóvel, que já foi citado aqui anteriormente. E como a renda é arrecada por esse capital?

Então, seguindo o exemplo da casa. Alguém vai pagar periodicamente o aluguel, e o dinheiro será o ganho obtido sem exercer trabalho, ou seja, este valor é a renda passiva.

O aluguel continuará a ser pago por um indefinido período de tempo, o que faz com o que ganho recebido possa ser considerado renda, já que uma pessoa pode se sustentar apenas com esse valor.

A passividade aqui acontece porque não há “esforço” em alugar uma casa, não será necessário fazer manutenção ou visitar a propriedade todo dia. Esta já é sua posse que apenas gerará frutos financeiros.

O aluguel não precisa ser apenas aplicado no exemplo da casa. Renda passiva pode ser gerada do empréstimo de outros materiais como máquinas de construção, e também da locação de uma área de estacionamento.

Renda fixa e variável (Capital financeiro)

Se não possui qualquer propriedade para ser arrendada, há ainda a opção do capital financeiro. Este é o oposto do item anterior, os bens dessa categoria não são materiais ou tangíveis.

A parte financeira dessa modalidade se trata do que é chamado de ativos geradores de renda, e esses ativos podem ser divididos de duas formas.

Por partes, primeiro que ativo é um conjunto de bens e direitos de uma pessoa ou empresa, que possuem valor econômico.

Já ativo financeiro, nada mais é que do que algo não físico – apenas documentação prova sua existência – e o valor adquirido vem de uma reivindicação contratual que estes representam. Como depósito bancário ou ações.

Depois de entender que ativos financeiros são propriedades não existentes no plano material e que geram dinheiro, as divisões são: renda fixa e variável.

A primeira classificação é a renda fixa que se caracteriza por ativos ligados a empréstimos ou financiamentos, feito tanto para banco quanto Governo. Alguns exemplos são a Caderneta de Poupança e fundos de investimentos em renda fixa 

A renda passiva aqui é captada na forma de juros gerados por estas operações. Por isso tem o nome de fixo, porque os valores que virão não oscilam.

Diferente do que acontece na renda variável, está relacionado à ações e se constitui de ativos que tornam quem o possui proprietária do título adquirido.

Isso significa que a pessoa que adquire o título se torna dona desse ativo, é tudo em documentação, lembre-se que esse tipo de bem não é palpável.

E o ganho de dinheiro é através da valorização do título. Precisa ter mais cuidado ao lidar com essa renda. Como depende da alta de um ativo, o valor desse bem não é constante. 

Para citar como exemplo, há as ações de empresas, que são negociadas na bolsa de valores, fundos imobiliários e fundos de ação.

Fundo de investimento imobiliário, ou FII, constitui-se de um grupo de pessoas com o objetivo de investir em ativos imobiliários, como edifícios comercias ou títulos mobiliários.

E fundos de ação é um fundo de investimento que conta com um gestor profissional que ajudará a realocar seu dinheiro dentro das variações dos preços de ações. Está entre as formas mais simples de investir na bolsa de valores.

Pode ser que investir no mercado financeiro seja uma opção muita ousada no momento. Ainda há o capital intelectual.

Capital intelectual

E por último e não menos importante, há o capital intelectual. A categoria é representada por um recurso que é um fruto da inteligência. É um item criado. 

Este capital une seu conhecimento, habilidade de como fazer ou como aplicar informações conhecidas, e a experiência. Conjunto que possibilitará a criação de algo novo.

Pode ser uma informação, conhecimento ou tecnologia, como um novo software inventado, um personagem criado ou uma música que vira hit. 

Depois de criado, esses produtos continuarão a gerar lucro, mas para garantir que isso aconteça, tem que fazer com que o bem artístico possua direitos autorais ou taxa de licenciamento.

É somente dessa forma que a renda passiva é gerada depois de tanto trabalho.

Se um bem artístico possui direitos autorais, cada vez que a obra for reproduzida deverá ser pago royalties ao seu autor. Royalties é a taxa a ser paga.

O que se deve fazer é: para obter direitos autorais sobre sua obra é necessário criar um registro de obras intelectuais junto à Biblioteca Nacional. Esse registro garantirá segurança jurídica para a criação artística.

Essa categoria requer esforço no início, mas depois os lucros continuam a vir sem nenhum trabalho.

Por conta desse trabalho de início, muitos podem confundir essa classificação com renda extras, mas ambas são bem diferentes.

Há também outro nome que costuma estar ligado ao modelo de renda passiva, e este é a renda residual.

Sobre o modelo de renda residual

Em palavras simples, renda residual nada mais é que os lucros contínuos obtidos depois de um período de muito trabalho. 

Como o nome diz, é o resíduo de dinheiro derivado de um processo anterior, ou seja, é o ganho através de um trabalho realizado no passado e que continua a gerar frutos nos dias atuais.

Então, renda residual também é renda passiva, ambas significam a mesma coisa. Pronto.

Um exemplo conhecido dessa renda é quando um escritor produz um livro, depois esse produto torna-se um sucesso, então o lucro adquirido pode transformar-se em renda fixa.

Mas outro exemplo que representa esse ganho é o distribuidor independente que trabalha em uma empresa de marketing multinível. 

Como esse tipo de renda pode surgir de uma empresa multinível?

Renda passiva e o modelo de marketing multinível

Muitas empresas atualmente utilizam essa estratégia comercial para alavancar a marca.

Esse modelo de marketing consiste na venda de produtos e/ou serviços por uma rede de empreendedores, no qual o lucro vem principalmente da venda direta, mas também do recrutamento de novos vendedores.

A renda passiva é obtida quando esse empreendedor consegue montar um grande grupo de pessoas para trabalhar com ele, e assim pode desfrutar de um percentual do lucro conquistado da venda feita por essa rede criada.

Quanto maior o grupo, maior o lucro conquistado.

Comece já a transformar sua renda!

Após ter entendido o que é renda passiva e maneiras de obtê-la, comece a transformar seus planos de conquista em realidade.

Escolha o método que mais se identifica e acredita ser capaz de alcançar, planeje, organize-se com atenção e mãos à obra.

Esta é a fundamental diferença para o modelo de renda passiva, porque o lucro não para por causa da ausência de um trabalho. O ditado diz que o dinheiro trabalha para você.

Para garantir o real lucro da renda passiva, lembre-se que no início haverá um esforço, seja para desenvolver um projeto de capital físico ou intelectual, seja para empreender em marketing multinível. 

Em um futuro próximo, o fruto da dedicação vai ser transformado em renda para uma vida, e então é só aproveitar os ganhos gerados quase que sozinhos.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *